Equipe Esportiva Nativa FM transmite Série Ouro de futsal

A equipe esportiva da Rádio Comunitária Nativa FM de Missal (Alessandro Kunhaski, Gilberto Dallarizarda, Lucas Reinheimer e Rodrigo Jung) que costumava fazer transmissões da Série Bronze do campeonato paranaense de Futsal no ano de 2009, recebeu um convite de uma Rádio de Francisco Beltrão para realizar a transmissão de uma partida da Série Ouro, entre Marreco Futsal, equipe de Beltrão e ADEAFI futsal de Foz do Iguaçu, mandante de quadra.

O jogo acontece em quadra neutra. A partida será disputada no município de Itaipulândia no ginásio IRINEU LUIZ FRIEDRICH. Terá inicio às 20h30min, horário de Brasília. É a primeira vez que a equipe esportiva da Rádio Comunitária Nativa FM faz a transmissão de um jogo pra Ouro e ainda contratada por outra emissora.

ADEAFI vem de uma vitória sobre a forte equipe da ZAELI/GAZIN/PENALTY. Essa partida estava atrasada e é valida pela 6ª rodada e aconteceu no dia 23 de junho (quarta-feira)

ADEAFI OLYMPIC GAMES venceu por 05 X 02. Agora resta apenas uma rodada para definir os 12 classificados para a segunda fase.

Marreco futsal tem 24 pontos e está tranqüilo na competição na 4ª colocação, já a ADEAFI se tranquillizou um pouco mais na tabela com a ultima vitória, tem 19 pontos na 9ª colocação. As duas equipes estão matematicamente classificadas para a próxima fase. Mas uma vitoria para ADEAFI poderia deixá-la até na sexta colocação. Já para o Marreco uma vitória pode deixá-la em terceiro. Promete emoção do inicio ao fim.
Banda do J.A. se apresenta em outros municípios
A equipe de canto do Juventude em Ação foi convidada a tocar na missa no dia 08 de março, véspera do dia das mães, em Itaipulândia. A missa foi presidida pelo Padre Edson, vigário paroquial em Missal e Itaipulândia. A igreja daquela cidade estava lotada, numa missa especial para o dia das Mães, onde ao final da mesma ocorreu uma homenagem as mães presentes. o convite foi feito também pelo Padre Edson que conhece a caminhada do grupo, que foi muito elogiado após a Missa. A Banda do J.A. como é carinhosamente chamada, realizam ensaios todas as semanas.

Os ensaios acontecem aos sábados com inicio às 14 horas na sala anexa da igreja Matriz. E os músicos se encontram extraordinariamente durante a semana as terças e quintas, quando necessitam de maior tempo de ensaio para alguma celebração ou algum evento que participem.

A banda do J.A. já participou na Academia literária promovida na época pelo Seminário de Medianeira, onde conquistaram a segunda colocação. e no ano passado da academia cultural, promovida pela Pastoral do Adolescente (PA), conquistando dessa vez a primeira colocação. Naquela oportunidade conquistaram primeiro lugar na dança também e terceira colocação no teatro, sendo que participou ainda nas categorias desenho e poesia. Nesse ano participa novamente da academia cultural e promete trazer bons resultados para Missal.
video
Felicidade

Muitas vezes, imaginamos como seria bom, se tivesse uma “lojinha” por aí que onde a gente pudesse comprar a felicidade, o amor, a amizade, a confiança, a sabedoria e muitas outras qualidades que nós só conquistamos com muito esforço.

Um dia, quem sabe, podemos até ter conquistado estas qualidades, mas como em um passe de mágica as perdemos. Perdemos a confiança de alguém que amamos muito, ou ficamos tristes com alguma coisa que nos aconteceu. Perdemos a amizade daquela pessoa tão preciosa com uma mentira que acreditávamos que não ia fazer diferença nenhuma... Assim ficamos sem aqueles que mais amamos em nossa vida. Também reclamamos que só temos um amigo. Mas esse único amigo pode nos fazer mais feliz do que uma multidão de colegas. Só nos damos conta dos amigos que temos e da felicidade que eles nos proporcionam quando os mesmos faltam.

Chegamos à conclusão que poderíamos ter brincado mais, expressado um amor sincero mais vezes... Declarar-se aos nossos amigos, mesmo que pareça ridículo.
Quando aqueles amigos especiais faltam sentimos um vazio, um frio tão absurdo por dentro e isso só nos deixa mais tristes ainda. Preocupamos-nos tanto com os problemas a nossa volta que nos esquecemos de ser felizes, esquecemos o valor das coisas mínimas da nossa vida. Parece contradição. Uma Amizade simples e verdadeira é imensa, mas ao mesmo tempo tão pequenina...

Por mais que tenhamos problemas ou dificuldades em nossas vidas não esqueçamos nunca, de uma coisa muito simples porém essencial: Ser Feliz!!!

Denise Backes!
Secretária do Juventude em Ação
I CATHOLIC FANTASY: SUCESSO

Missal através do Juventude em Ação (J.A.), grupo de jovens e adolescentes, demonstrou que é possível haver diversão sem o consumo de bebida alcoólica. Foi realizada a I CATHOLIC FANTASY no Salão Paroquial da cidade. Mais de 250 jovens de toda a Diocese participaram do evento, se divertiram a noite toda ao som da Banda 7Sadoque de Medianeira e do Mega Som de Itaipulândia. Além de demonstrar essa possibilidade, os participantes da festa foram muito criativos em suas fantasias.
O JOVEM E A POLÍTICA


Caros jovens, em tudo nós fazemos política, até mesmo quando falamos que não discutimos política, fazemos política. Como assim? Isto mesmo quando alguém se nega a discutir tal assunto ou tal tema, é a sua política que está realizando, é o seu ponto de vista que está colocando em prática, a favor de não falar sobre tal assunto.
Alguns motivos que nos ajudam a pensar diferente sobre política:
Se eu não discutir ou não quiser saber de política, com certeza, ajudaremos um político corrupto. “Todo político é corrupto” “não tem nenhum candidato bom” (expressões corriqueiras que usamos). Eles existem sim! Nós conhecemos muitas pessoas que eram ótimas lideranças nas nossas comunidades, pessoas sérias, mas que hoje são corruptas, por quê? Falta de fiscalização! Quem não vota esta sendo corrupto também. Muitos estão pouco se lixando conosco, e nós deixamos de exercer nosso maior direito de decidir o futuro do nosso País o voto.
Estamos às portas de uma nova eleição. Logo os candidatos irão começar a mostrar a cara na mídia, nos eventos e tudo mais, por isso é preciso estar atento. É fácil ser político por seis meses. Perceber as atitudes dos candidatos agora em relação ao que já fizeram.
Então é só votar e tudo se resolve?
Não é apenas votar, mas fiscalizar, acompanhar os candidatos. Saber das suas ações, seus projetos que estão querendo colocar em prática, se está cumprindo com o que prometeu no período de campanha. O problema da política não é dos políticos, mas sim nossa, de cada cidadão que acredita em mudança.
Caros jovens, não somos o futuro da nação e sim o presente, mas para que sejamos presente, temos que participar, temos que fazer parte da historia de nosso país desde já, através do nosso maior poder de participação, o voto. Se não votamos deixamos de acreditar em uma nova sociedade.

Pe. Ivanildo gasparrini
Assessor eclesiástico da Pastoral da Juventude
Diocese de Foz do Iguaçu

Material também produzido para o newsletter. Texto editado por Rodrigo Jung orientado pela professora Franciele Orsatto do curso de Jornalismo da FAG.
Primeiro voto
As eleições estão chegando, no dia 03 de outubro conforme o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) será escolhido os representantes políticos para os próximos quatro anos. Mas como está a preparação dos jovens que irão votar pela primeira vez?
O que parece é que eles não estão muito ligados ao contexto político. Sem dar muita atenção não percebem a importância que o seu voto possui, não sabem que o voto é um direito de todos que vivem em regime democrático no qual consiste em escolher individualmente os candidatos para representar toda a sociedade. E quando a questão política é levantada, a maioria apresenta uma visão unânime e superficial, usando o termo corrupção para definir a política.
Daniele Stüpp, 16 anos, cursa o terceiro ano do ensino médio, possui o título de eleitor faz um mês. Ela explica que não possui uma noção correta do que é política, mas sabe que a mesma é necessária no nosso dia a dia “...nós sempre esperamos dela algo de bom que possa melhorar a vida das pessoas, o que nem sempre acontece. Acredito que uma política mais correta começa através do nosso voto...”. Daniele sabe que é necessário pensar muito para escolher o seu candidato e espera com o seu voto seguir a linha contrária da corrupção, começando no histórico do candidato a ser escolhido, “...precisamos tomar cuidado na hora de escolher o nosso candidato, procurar saber mais sobre ele e evitar os que possuem históricos de corrupção.”
César Krummenaur, 17 anos, cursa também o terceiro ano do ensino médio e irá votar pela segunda vez, tem uma visão corrupta sobre a política, e diz: “hoje em dia a política ganhou um selo corrupto, um exemplo é a distribuição dos recursos repassados pelo governo federal que acaba pelo meio do caminho, não conseguem chegar ao seu destino, às pessoas que realmente precisam.”
Com a experiência de ter votado, César se mostra mais maduro quanto questão na hora de escolher seu candidato, segundo ele deve-se tomar cuidado com os “agrados” oferecidos pelos candidatos na época da campanha, e observar o caráter associado com os seus objetivos e compromisso com a sociedade.
A eleição 2010 acontecerá no dia 03 de outubro, onde serão escolhidos os novos representantes políticos para os próximos 4 anos.

(Alessandro kunhaski)

Matéria produzida para uma das edições do newsletter orientado pela professora Franciele Orsatto do curso de Jornalismo da Fag. A entrevista foi feita por Alessandro Kunhaski e a base da Matéria também. A edição e correção foi feita por Rodrigo Jung com supervisão da Professora Franciele. Espero que gostem!!!!
Contra o Extermínio da Juventude

Existe uma campanha em nível nacional contra o extermínio da juventude. Vemos uma juventude cada vez mais violenta e vitima da própria violência. O que demonstra isso, e o que motivou a campanha, foi o assassinato do Padre Gisley que defendia essa causa e acabou sendo vitima dessa violência. Seus familiares acreditam ter sido emboscada, apesar de não se ter constatado.

Antonio Frutuoso coordenador da Casa da Juventude (CAJU) de Curitiba fala que “a questão da violência juvenil tem sido foco de reflexão das Pastorais da Juventude do Brasil já algum tempo...”. Como quem trabalha com a juventude, Antonio apresentou alguns números alarmantes “... no Brasil calculam-se em torno de 18.000 jovens mortos por ano de forma violenta, a partir de homicídios, desse total 75% dizem respeito ao uso de arma de fogo. E dos 3 estados do sul, o Paraná é o que tem maiores índices de mortalidade juvenil!”.

Em relação à campanha contra o extermínio da juventude no Paraná, alguns trabalhos estão sendo desenvolvidos. Frutuoso coloca a preocupação em relação ao que se percebe da realidade juvenil, “... é impossível você ficar apático, indiferente, você precisa se colocar na rua, fazer o movimento pra que a sociedade se de conta do extermínio.”
Para esse ano ainda a Pastoral da Juventude da Diocese de Foz do Iguaçu estará promovendo uma Oficina de Políticas Públicas para a Juventude, dando referência a campanha contra o extermínio, bem como o DNJ que continuará com essa temática. Para o ano de 2011, no mês de maio, a Diocese de Foz juntamente com a coordenação do Regional Sul II estará desenvolvendo um Seminário sobre a violência.

Foz do Iguaçu foi escolhido justamente por se tratar da cidade que mais morrem jovens por violência do Brasil, sendo que outros municípios pertencentes a Diocese também possuem números alarmantes, considerando uma das Dioceses mais violentas do País, tendo uma realidade de fronteira.

Rodrigo Jung
Vice-coordenador Diocesano da PJ
  • Seguidores

    » Gostou? Então divulgue o Blog do Jung!